Emoções & Comportamentos

Frágeis ou Fortes?

Sim, há uma força incrível na mulher. Nós PARIMOS! Cuidamos da casa, do marido, dos filhos, fazemos comida, lavamos, passamos, cozinhamos, ensinamos as crianças, corrigimos, amamos, cuidamos de seus machucados, das noites em claro, das febres, do mal-estar, da doença, da síndrome…nós não abandonamos, não desistimos e enfrentamos lobos ferozes em defesa dos nossos filhos. Trabalhamos dentro e fora de casa. Ajudamos ou sustentamos sozinhas uma casa. Carregamos tijolos, construímos casas e a próxima geração. Somos todas em uma: cozinheira, passadeira, lavadeira, faxineira, secretária, ‘mãetorista’, despertador, psicóloga, professora, médica, enfermeira, arquiteta, decoradora, paisagista, jardineira, amiga, namorada, entre outras…

Somos fortes, porém há algo muito frágil dentro de nós, que nos derruba com um “sopro”: nossas EMOÇÕES! Como são frágeis!

Ouvimos palavras que nos ofendem. Lemos expressões que nos magoam. Interpretamos sinais que nos expõe à rejeição. Há mulheres que se ofendem por absolutamente tudo. Se não são chamadas à festas e eventos. Se não são chamadas para tirar foto. Se não são marcadas nas redes sociais. Se não as cumprimentam quando chegam à igreja.

Há quem se esconda numa ‘dura’ personalidade, que parece não se importar se o outro demonstra afeição por ela ou não. Mas não se iluda! É apenas uma máscara. No fundo essa ‘cara amarrada’, tem medo de se entregar e ser feliz.

Se você ouve das pessoas à sua volta reclamações do quanto você é sensível, ou ‘mimimi’, não se ofenda com essa pessoa. É serio! Deus pode estar usando-a para abrir seus olhos e mudar esse padrão comportamental.

Interpretamos a vida, as circunstâncias e as pessoas à nossa volta, baseado em nossas experiências iniciais de vida. Mulheres que viveram profundos traumas, como rejeição, abandono, desprezo, humilhação e abusos, sem dúvida nenhuma, terão as emoções mais afetadas e fragilizadas.

Tudo o que essa mulher conheceu na vida foi dor, então qualquer experiência atual que ela viva, seu cérebro interpreta como estar revivendo tudo aquilo que ainda não foi totalmente curado na história do passado.

A cura é um longo processo e parte desse processo é amadurecermos em nossas emoções. E uma das formas que Deus trabalha para nos curar e nos aperfeiçoar, é usando pessoas para nos ferir.

Quero que você entenda o ferir aqui. Não estou me referindo a pessoas que nos ferem intencionalmente porque também são feridas, ou más. Me refiro a interpretação e leitura que fazemos diante da situação vivida.

Tem muito mais a ver como você se sente do que como as pessoas te tratam!

Você sente que algumas pessoas te rejeitam ou te excluem? Como você se sente em um ambiente desconhecido, ou diante de pessoas desconhecidas?  Sente que não é bem-vinda? Não se sente parte do lugar? Sente que as pessoas não se “esforçam” para incluí-la? Sente que as pessoas não se importam com você? Ou te olham de um jeito desconfiado?

Eu já me senti assim. Por quase toda minha vida. É horrível!  Mas Glória a Deus porque fui totalmente liberta desse sentimento. E sabe o que aprendi?

Não eram as pessoas que me excluía ou me rejeitaram. Não eram as pessoas que não se “esforçavam” para serem agradáveis. ERA EU MESMA QUE ME EXCLUÍA.  ERA EU MESMA QUE NÃO ME SENTIA CONFORTÁVEL DIANTE DE PESSOAS E LUGARES DESCONHECIDOS. ERA EU MESMA QUE ME REJEITAVA.

TINHA muito mais a ver como EU ME SENTIA,  do que como os outros me tratavam.

É claro,  que em todo lugar existirão pessoas que nos rejeitarão, ou não serão tão amáveis, gentis ou receptivas.

Nesse caso, o que você deve fazer?  Lembre-se que NÃO TEM NADA A VER COM VOCÊ.  TEM A VER COMO ELA SE SENTE, E NÃO COMO VOCÊ A TRATA.

Quer saber como fortalecer suas emoções e não ser um cristal se quebra com facilidade diante das adversidades da vida?

Se você já tentou fazer algum tipo de atividade física em algum momento da sua vida, vai entender a aplicação que quero utilizar nesse exemplo. Quando iniciamos, as dores musculares são intensas não é mesmo? Fazer um simples alongamento para quem nunca fez, se torna insuportável muitas vezes. Mais sabemos que quanto mais o músculo é esticado, mais força ele ganha. À medida que você não desiste, ele se fortalece e fica muito mais difícil de ocorrer uma lesão.

Assim é com a fé e assim também é com nossas emoções. À medida que enfrentamos os desafios, os conflitos e buscamos soluções sábias para lidar com os relacionamentos e situações difíceis, nossas emoções positivas ganham forças. A cada nova experiência, uma camada de alguma área da nossa vida é curada, e aquela coisa boba para alguns, mas que era uma verdadeira tempestade para nós, e que nos feria profundamente, perde espaço.

Mulheres frágeis, na verdade, são meninas frágeis. Todas nós temos nossa menina interior. Uma menina que precisa ser acolhida, amada e resgatada. Talvez você esteja presa em alguma briga que presenciou dos seus pais na infância, ou na separação deles. Talvez esteja presa em alguma humilhação que vivenciou na infância ou adolescência, talvez esteja presa na falta de um pai, ou de uma mãe presente. Talvez esteja presa em perdas, desprezo, rejeição e abandono, e isso torna suas atitudes infantis.

A boa notícia é que não precisamos fazer isso sozinhas! Temos uma rocha inabalável que é Jesus, e que pode nos ajudar. Ele também foi rejeitado, desprezado e humilhado. Ele compreende você. Mas Ele também quer te ajudar a vencer aquilo que te destrói.

Peça ajuda ao Espírito Santo para resgatar essa menina interior. Peça ao Pai para te ajudar a acolher essa menina interior. Peça a Jesus para curar essa menina interior. Você só conseguirá ser madura e forte em suas emoções e não permitir que pequenas coisas te abalem, quando a história da menina for curada e ressignificada.

Agora, você pode estar se perguntando como fazer isso? Você pode até buscar ajuda psicológica ou de uma conselheira cristã, apenas para te conduzir e apoiar caso seja necessário, mas pode ter certeza, que o processo interior será vivido somente entre você e Deus em sua intimidade com Ele. Uma intimidade que deve ser construída dia após dia. E sim… diante de Dele você pode se permitir ser frágil. Diante Dele, você pode rasgar seu coração e expor todas as suas fraquezas, meninisses, dores ou vulnerabilidade.

Você também fortalece suas emoções perdoando e abençoando aqueles que te feriram e sempre buscando enxerga-los através da ótica de Cristo e vendo cada confronto ou conflito como uma oportunidade de você crescer e melhorar.

Provérbios 24:10-11 na versão NVT – Nova Versão Transformadora diz assim:

“Se você vacilar no momento de dificuldade, sua força será pequena. Liberte os que foram injustamente condenados a morrer; salve-os enquanto vão tropeçando para a morte.”

Deus quer te fazer forte por um propósito: para que outras vidas sejam encorajadas através da sua. Somos o espelho de Cristo nessa terra. As pessoas que ainda não caminham com Ele, olham para nós tentando encontrar ações que possam expressar o que elas já ouviram falar sobre Jesus.

E como diz esse versículo, se vacilarmos na hora da dificuldade,  nossa força será pequena. Estou aqui para te encorajar a aguentar era dor aí. Segue  as pontas. Não vacile! Em vez disso:  ADORE!

Acredite, daqui a pouco ela não será tão insuportável assim. Deus está fortalecendo sua alma e seu espírito para que você se torne forte diante de qualquer adversidade.

Você fortalece suas emoções quando enfrenta seus maiores medos e desafios. Você deixa de ser ‘mimimi’ quando abre seu coração humildemente e pede perdão à pessoa que te feriu, por ser tão sensível.

Você cresce e amadurece emocionalmente quando reconhece o quanto é frágil e que precisa de ajuda! 

Por Roberta Sara

Achou o tema interessante? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram